5 tipos de síndico e como lidar com cada um deles


É muito comum ouvirmos falar sobre as dificuldades e desafios da vida de um síndico. Mas há o outro lado da mesma moeda. Os condôminos também precisam de muito jogo de cintura para administrar as dificuldades na hora de manter um bom relacionamento com os diferentes tipos de síndico que podem aparecem nos condomínios. Escolhemos os 5 tipos mais comuns: síndico amigo, síndico fofoqueiro, síndico autoritário, síndico omisso e o síndico grosseiro e hoje vamos comentar sobre como lidar com eles (afinal, não há dificuldade em lidar com um bom síndico, não é mesmo?).

 

5 tipos de síndico e como lidar com cada um deles

1. Síndico amigo

síndico amigo tipos de síndico como lidar

Parece inofensivo, faz você pensar que ser amigo dele nada mais é que exercer a política da boa vizinhança. Mas, quando você menos espera, ele estará te envolvendo com os problemas do prédio e te usando como apoio para encontrar a solução.

Até aí, tudo bem. Mas com o passar do tempo, ele começa a se achar no direito de tocar sua campainha ou interfone, a qualquer hora do dia – ou da noite. Sem falar nos encontros no elevador. A viagem que antes durava apenas alguns segundos, quando este tipo de síndico te encontra, demora muitos minutos porque ele quer saber tudo da sua vida. Pode ter certeza, sua privacidade foi invadida.

O síndico amigo também gosta de compartilhar com os condôminos problemas de diversas naturezas. E se você é engenheiro, arquiteto, advogado ou economista, prepare-se, a chance de abuso é maior.

Se você perceber que isso está ocorrendo, crie limites e deixe claro, que se for de interesse do condomínio, você pode oferecer uma proposta de consultoria na sua área de conhecimento. Assim, você separa o lado profissional da amizade.

 

2. Síndico fofoqueiro

síndico fofoqueiro tipos de síndico como lidar

Deste tipo, é mais difícil o condômino não querer distância. Você até pode gostar de uma fofoquinha, mas saiba que do mesmo jeito que ele fala dos outros para você, também poderá falar de você para os outros.

O melhor é não dar ouvidos para este tipo de síndico.

Se comunique com ele com cortesia e cordialidade e isso só trará benefícios. Se você perceber que durante uma conversa as fofocas aparecem, simplesmente, peça desculpas e o interrompa. Ele logo vai perceber que você não tem interesse por fofocas e te deixará em paz.

 

3. Síndico autoritário

síndico autoritário tipos de síndico como lidar

Este tipo é centralizador e se acha o dono do prédio.

Sem delegar responsabilidades, ele quer resolver tudo por conta própria porque não aceita ser contrariado. Muitas vezes, tem comportamento agressivo e descontrolado e ninguém quer ficar perto dele. Nas assembleias, ele faz de tudo para que sua opinião seja sempre acatada.

Cuidado. Às vezes, não é apenas um traço de personalidade mais forte e esse jeito de ser pode trazer prejuízos para o condomínio.

Dentre todos os tipos citados aqui, o síndico autoritário é o mais perigoso. Se você perceber que o síndico do seu condomínio age dessa forma, monitore os passos dele e compartilhe sua opinião com seus vizinhos. Talvez todos tenham a mesma impressão e poderão juntos, por meio de uma assembleia, mudar essa situação destituindo o síndico.

Leia também:

 

4. Síndico omisso

síndico omisso tipos de síndico como lidar

Este tipo de síndico finge que nada está acontecendo. Prevarica, não toma providências diante das necessidades do dia a dia e muito menos diante das emergências.

Resultado: Os problemas se acumulam e o condomínio se transforma numa bomba relógio prestes a explodir. Dívidas, inadimplência, brigas intermináveis, elevadores quebrados, vazamentos e falta de manutenção são só alguns problemas que o síndico omisso pode causar.

Neste caso, a desvalorização do condomínio é certa. Para colocá-lo em ordem, custará muito trabalho e dinheiro. Quanto antes o síndico omisso mudar de postura, menor o dano. Neste caso, recomenda-se conversas, alertas e criação de comissões para cuidar de assuntos variados. Esta é a forma de obrigar este tipo de síndico a tomar as providências necessárias.

Caso não haja mudança de comportamento, vale a pena analisar junto aos outros condôminos a possibilidade de destituir o síndico.

 

5. Síndico grosseiro

síndico grosseiro tipos de síndico como lidar

O síndico grosseiro, na maioria das vezes, se comporta desta forma como uma defesa. Quando ele se sente ameaçado, é assim que ele mantém as pessoas dispostas a criticá-lo sempre afastadas.

Mostrar que você está apenas em busca de explicações ou querendo fazer uma sugestão pode desarmá-lo. Procure, ao se aproximar, fazê-lo perceber que você não é uma ameaça. Isso, certamente, o tranquilizará e as grosserias desaparecerão.

 

Para finalizar vale lembrar que a conversa e a educação sempre são os melhores caminhos para tentar amenizar qualquer tipo de conflito. Como é o síndico do seu prédio?