Como ser um bom síndico: 9 qualidades essenciais


Para todas as profissões e funções que exercemos precisamos de determinadas competências e habilidades para alcançarmos a excelência. Algumas delas podem até ser dons natos, outras podem ser adquiridas com estudos e aperfeiçoamento. Da mesma forma ocorre com os síndicos. Eles também precisam ter certas qualidades e características para desempenhar um bom trabalho. Mas como ser um bom síndico? Vamos ver agora 9 qualidades essenciais. Acompanhe!

 

Como ser um bom síndico: 9 qualidades essenciais

como ser um bom síndico paciência

1. Paciência

O síndico precisa ter paciência para lidar com pessoas e com problemas, sem se abalar e com muito equilíbrio para buscar soluções rápidas. Afinal, o síndico de um condomínio sempre é o primeiro a ser avisado caso algo não está correndo bem. Isso sem falar nas demais atividades do dia a dia que também exigem paciência já que ele sempre será alvo de palpites e críticas.

como ser um bom síndico interesse em aprender

2. Interesse em aprender sempre mais

Para exercer o papel de síndico, a pessoa precisa saber um pouco de tudo, porque diariamente é exposta aos mais diversos temas. Por isso, gostar e ter interesse de aprender sempre mais, seja sobre administração, contabilidade, relações trabalhistas, legislações, manutenção, além de outros assuntos, é fundamental. Se você quiser saber tudo sobre condomínios, acompanhe nossos posts!

como ser um bom síndico comunicação

3. Excelente comunicação

Quem não se comunica (bem) se trumbica, já dizia o Velho Guerreiro (o Chacrinha). Já pensou um síndico que não sabe expor e defender suas ideias? Ou que não saiba escutar e interpretar o que ouve? O síndico sempre precisa mostrar suas conquistas, apresentar bem as melhorias feitas no condomínio e fazer uma gestão transparente e participativa, ou seja, ouvir e colocar em prática as opiniões e vontades de todos – as que fazem sentido, é claro!

como ser um bom síndico senso de justiça

4. Senso de justiça apurado

Muitas vezes, o síndico é obrigado a intermediar conflitos entre moradores, em relação aos funcionários e outros. O senso de justiça apurado é importante na hora de tomar partido, fazer defesas e assumir decisões sobre o rumo da vida condominial.

como ser um bom síndico confiança

5. Inspirar confiança

A confiança, como nas demais relações pessoais e profissionais, é fundamental. O síndico precisa inspirar confiança e credibilidade, seja diante dos moradores, proprietários, conselheiros, empregados ou prestadores de serviços.

como ser um bom síndico firmeza

6. Firmeza quando for necessário

A partir do momento que uma decisão foi tomada em assembleia, por exemplo, o síndico deve ter firmeza para a implementação, de forma a garantir os benefícios esperados pela comunidade. A firmeza também é essencial na hora de convencer as pessoas sobre a melhor opção em meio a uma discussão.

como ser um bom síndico honestidade

7. Honestidade acima de tudo

Orçamentos, investimentos, pagamento de contas e tributos, fundo de caixa. Esses são apenas alguns exemplos de atividades exercidas pelo síndico que impactam diretamente no lado financeiro de todos os moradores. Diante disso, a honestidade é requisito imprescindível para que o trabalho seja bem feito e com possibilidade zero de desvios, corrupção ou má utilização.

como ser um bom síndico organização

8. Organização e disciplina

Para lidar com documentos importantes, prazos determinados, pagamentos de contas, o síndico precisa ser bastante organizado. Afinal, não basta ele se entender com suas atividades e programações. Ele terá que prestar contas periodicamente e ao término do seu mandato.

como ser um bom síndico liderança e gestão

9. Liderança e gestão

O condomínio pode ser comparado a uma empresa. E nesse contexto, o síndico exerce o mesmo papel desempenhado pelos chefes e outros cargos de liderança e gestão. Ou seja, muitas vezes é ele que vai administrar processos e pessoas e ai as habilidades de liderança e gestão serão importantes e garantirão, também, uma boa performance e excelentes resultados.

 

Se você é síndico ou pretende ser, conte pra gente qual a sua percepção sobre as qualidades acima e compartilhe alguma que, por ventura, não citamos!