Combata a inadimplência no condomínio: 5 dicas essenciais


Como um dos maiores sinais da crise financeira, a inadimplência ocorre em todos os ramos. A inadimplência no condomínio é cada vez mais frequente e um problema a ser tratado com firmeza e cautela pelo síndico e administradora do condomínio. Onde há condômino inadimplente, todos os demais sofrem, pois sem dinheiro não há como manter a manutenção básica do condomínio. Neste contexto, o novo CPC é uma ferramenta que vem auxiliar síndicos a combater a inadimplência.

 

Novo CPC: O que é?

O novo Código de Processo Civil (CPC), válido desde 18 de março de 2016, é um conjunto de normas que auxilia a manutenção dos processos de acordo com a lei de forma justa, ágil e eficaz.

Para os condomínios, o novo CPC tornou a cobrança um título executivo extrajudicial, proporcionando, assim, maior agilidade na cobrança de condomínios em atraso.

 

Condômino inadimplente

O aumento da inadimplência gera uma série de problemas ao condomínio, principalmente, naqueles menores nos quais a participação de todos é fundamental para a manutenção dos serviços essenciais.

O condômino inadimplente deve ser alertado de sua condição e estar ciente das sanções que poderá sofrer caso a dívida não seja quitada.

 

Mas não é somente esta a atribuição do síndico. É possível combater a inadimplência no condomínio ou, pelo menos, minimizá-la. Acompanhe!

 

5 Dicas essenciais para combater a inadimplência no condomínio:

1. Acompanhamento e agilidade

inadimplência no condomínio dicas novo cpc

O síndico deve estar constantemente informado a respeito das contas do condomínio para identificar rapidamente se existe inadimplência.

 

A administradora deve ser ágil na cobrança do pagamento de taxas pendentes, não deixando que o valor se acumule. O envio de um comunicado amigável e um novo boleto pode ser a oportunidade que o condômino necessita para regularizar sua situação.

Leia também:

 

Caso o pagamento não ocorra, o síndico ou administradora podem se valer do serviço de uma empresa especializada em cobrança, evitando o envolvimento direto com o morador e forçando-o de certa forma a acertar o pagamento.

 

2. Ação judicial

inadimplência no condomínio dicas novo cpc ação judicial

Caso a tratativa amigável não dê resultado, a solução é entrar com um processo judicial de cobrança. Mas essa atitude não deve levar muito tempo para acontecer. O prazo ideal é de 90 dias a contar da data de vencimento.

 

Com a cobrança judicial, o condômino percebe que sua situação vem recebendo acompanhamento e se sente pressionado a efetuar a regularização.

 

É importante que as regras para cobrança do condomínio esteja explicitadas na convenção, servindo de base para o síndico.

Veja:


O novo CPC, conforme mencionado acima, veio agilizar o processo de cobrança nos condomínios, gerando inclusive a diminuição das ações de cobrança.

 

3. Facilitar o pagamento

inadimplência no condomínio dicas novo cpc

O condomínio pode optar por facilitar o pagamento como forma de ajudar os condôminos inadimplentes. Afinal, há casos que o devedor não tem mesmo como quitar todas suas responsabilidades financeiras.

 

Uma maneira para evitar que haja inadimplência é incentivar o débito automático em conta corrente. O condômino cadastra esta opção em seu banco e o débito acontece automaticamente a cada mês.

 

Outra forma bastante utilizada é a emissão de segunda via do boleto diretamente no site da administradora. Assim, se o problema for ter perdido o boleto, outro pode ser facilmente impresso para pagamento.

 

É importante também que o boleto ou aviso sejam enviados com a devida antecedência ao vencimento. Assim, o condômino tem tempo para se preparar para o pagamento.

 

4. Informação nunca é demais

inadimplência no condomínio dicas novo cpc

Os condôminos precisam ter consciência da importância de manter as contas em dia e da dificuldade que os atrasos nos pagamentos causam à vida do condomínio. Para isso eles precisam conhecer o funcionamento financeiro do condomínio.

 

Condomínio inadimplente sofre desde a ausência de melhorias até a manutenção de serviços básicos. Por isso, é importante que cada um faça sua parte e pague suas mensalidades regularmente.

 

5. Plantão

inadimplência no condomínio dicas novo cpc

Organizar um plantão feito pela administradora dentro do condomínio pode ser a oportunidade para os condôminos conversarem a respeito de sua situação e negociarem a melhor forma de quitar suas pendências. O acordo entre as partes é o melhor caminho para este tipo de situação.

 

Criatividade e conhecimento das leis, direitos e deveres, ajudam o síndico a lidar com a inadimplência no condomínio.

 

Como você trata a inadimplência em seu condomínio? Se é síndico, vale a pena saber como apresentar a lista de inadimplentes do condomínio!