7 coisas que você precisa saber sobre morar em condomínio


Viver em comunidade nem sempre é fácil, quando se trata de um condomínio então, pode ser um desafio. Num lugar onde a proximidade com o vizinho é muito maior, morar em condomínio exige consciência do seu espaço e respeito ao espaço do outro.

Por isso, antes de comprar apartamento, procure conhecer como é a vida e quais são as exigência para quem resolve morar em condomínio.

 

7 coisas que você precisa saber sobre morar em condomínio

morar em condomínio comprar apartamento

1. Segurança

Nos dias atuais, a segurança de um condomínio é uma grande vantagem. A maioria das pessoas que decide morar em condomínio faz esta opção pensando na segurança que este tipo de habitação oferece.

Portarias, sistemas de vigilância, muros, cercas e outros itens garantem a maior segurança para os moradores de condomínios. Você terá menos preocupações na hora de viajar, por exemplo, mas, por outro lado, terá que seguir as normas de segurança estipuladas para todos.

Leia também:

 

2. Lazer

Atualmente existem condomínios que mais parecem clubes, tantas são as opções de lazer que oferecem, desde os comuns, como piscina, quadra de esportes, salão de festas e playground até cinema, academias e brinquedotecas.

Opção de lazer que são muitas vezes inviáveis numa casa, seja por questões de espaço, econômicas ou de manutenção. Os custos mais baixos pagos por todas estas opções dentro de um condomínio também é são grande vantagem, afinal são rateados entre todos os moradores.

Mas aqui também, você terá que seguir as normas de uso. Por exemplo, na hora de fazer uma festa para o seu filho, você terá que negociar bastante sobre o uso exclusivo das áreas comuns somente para os seus convidados. Saiba mais:

Outro quesito a levar em consideração é que, mesmo com custo rateado entre todos os condôminos, todas essas opções oneram a taxa condominial. Você está se mudando para um condomínio com áreas adequadas ao seu uso, ou para você elas serão só um custo (já que você não usufrui dos benefícios)? Leve isto em consideração na hora de escolher em qual apartamento morar.

 

3. Círculo de amizade

Principalmente para quem tem crianças, o condomínio oferece grande oportunidade de fazer amizade com os vizinhos, o que também é vantajoso para os pais, que podem deixar os filhos brincarem livremente, sabendo que estão em segurança num lugar de uso comum e em companhia de alguém conhecido e que mora no mesmo local.

Veja ainda:

Entre os adultos também surgem boas amizades, seja através do encontro na piscina ou num churrasco na área de festas. Porém, você perde um pouco da sua privacidade, como veremos no próximo tópico.

 

4. Privacidade

Quem mora em condomínio perde um pouco da privacidade. Janelas próximas, paredes e lajes que podem permitir a passagem de sons mais íntimos, o fato dos vizinhos conhecerem as rotinas e companhias uns dos outros, tudo isso interfere na privacidade e pode gerar algum desconforto. Afinal, é a exposição de parte da sua vida pessoal e, dependendo do seu perfil, isso deve ser levado em consideração.

 

5. Barulho

Existem regras claras no regimento interno que proíbem barulho dentro de um determinado horário. Música ou conversa alta, brigas, latidos de cachorro e até brincadeiras de crianças devem ser evitados neste horário.

De qualquer forma, se quiser morar em apartamento precisa estar ciente que vez por outra poderá ter que suportar algum tipo de barulho, muitas vezes até involuntários.

Se o caso for de desrespeito ao horário determinado, você poderá chamar o síndico e pedir que tome providências.

Saiba mais:

 

6. Bem comum

Muitas vezes, algo que você não concorda acaba sendo aceito pela maioria em votação na Assembleia e você terá que aceitar. A aprovação coletiva impacta na decisão de reformas, uso de áreas comuns, aquisição de serviços e equipamentos e outros assuntos relativos ao condomínio.

Participar das reuniões de condomínio também é muito importante. E isso exige dedicação, disciplina para se agendar e uma boa dose de paciência para acompanhar as discussões. Entenda:

 

7. Direitos e deveres

Ao morar em condomínio, como em toda comunidade, você precisa conhecer direitinho seus deveres e direitos. Os condomínios possuem regras a serem cumpridas para garantir a convivência em harmonia, embora ainda assim ocorram conflitos.

O Regimento, ou Regulamento Interno é que vai como o próprio nome já diz, reger as condutas da vida condominial. O ideal é conhecer essas regras mesmo antes de comprar o imóvel. Porque alterá-las depois é bem mais complexo.

Além do Regimento Interno, há também a Convenção que você precisa conhecer. Ambos documentos descrevem o que pode e o que não pode ser feito dentro do condomínio, as providências a serem tomadas em cada situação e também as penalidades impostas na ocorrência do desrespeito a estas regras.

Entenda:

Procure tomar conhecimento das regras antes de tomar a decisão final. Afinal, ao se tornar um morador daquele condomínio, você está pactuando com suas normas.

 

Você pretende morar em condomínio? Então, veja nosso post com as regras para mudanças em condomínio e fique bem informado.