melhor síndico como escolher

Como escolher o melhor síndico?

Escolher o melhor síndico entre os candidatos é uma tarefa que exige cuidados e atenção, já que ele ficará alguns anos no cargo, impactando a vida de todos.

Antes e durante a assembleia para a eleição de síndico, há alguns requisitos que o morador deve levar em conta na hora de votar. Escolher o melhor candidato a síndico é uma tarefa que exige cuidados e atenção, já que provavelmente esta pessoa ficará alguns anos no cargo, impactando a vida de todos. Mas como escolher o melhor síndico? Veja a seguir!

 

É bem comum que, ao saber que haverá eleição de síndico, alguns moradores cheios de boas intenções se candidatem. Porém, apenas esta característica e boa vontade não são suficientes para uma boa gestão.

Além de dedicação, o escolhido terá que atuar como um administrador dos bons.

 

Quem mora em condomínio sabe como esta questão é delicada.

Um síndico é muito mais do que aquela pessoa que apaga incêndios. Além de lidar com os problemas emergenciais, ele deve manter tudo muito organizado, fazer a gestão dos funcionários, intermediar as relações (e os conflitos) entre moradores e ser a ponte entre o condomínio e a administradora e os conselhos.

 

O que considerar na hora de avaliar os candidatos para escolher o melhor síndico:

melhor síndico como escolher

 

  • Verifique se o candidato tem boas relações sociais e conhecimento suficiente sobre como funciona o prédio. Como é o trato dele com os funcionários na qualidade de morador? Ele já teve alguma experiência como síndico no seu ou em outro condomínio?
  • Qual candidato se mostra melhor preparado para evitar desperdícios e perdas financeiras? Desconfie de quem promete diminuir drasticamente as taxas de condomínio de um dia pro outro. Não é tão simples assim.
  • Tente pesquisar se já houve algum desgaste sério envolvendo o candidato e os demais proprietários das unidades condominiais.
  • Lembre-se que o síndico terá que conduzir as assembleias e ter bastante tato e técnicas para se comunicar com toda a comunidade envolvida no dia a dia condominial.
  • Se informe detalhadamente a respeito das qualificações profissionais já que o melhor síndico é aquele que tenha pelo menos algum conhecimento de finanças, legislações e demais trâmites legais, planejamento, cronogramas, projetos, relatórios, além de noções básicas sobre elétrica e hidráulica, por exemplo.
  • Garanta, ainda, que ele esteja ciente das necessidades do condomínio e sobre as eventuais falhas a serem corrigidas.
  • Outro aspecto fundamental é a pessoa ter disponibilidade e tempo para o exercício da função. Ela não precisa se dedicar ao condomínio em tempo integral, mas deverá se programar para horas de dedicação, inclusive fora do horário comercial.
  • O melhor síndico é aquele que gosta de aprender, sabe ouvir, está pronto para servir e é um bom conciliador. Portanto, avalie criteriosamente estas questões entre os interessados ao cargo.

 

O que diz o Código Civil Brasileiro?

melhor síndico como escolher

 

Quem está prestes a participar de uma votação para escolher o melhor síndico precisa lembrar que segundo o Código Civil Brasileiro, é ele que representa civil e criminalmente o condomínio.

E tem inúmeras funções, sobretudo a de gerir o condomínio com base nas regulamentações que, no geral, são a Convenção Condominial e o Regimento Interno.

 

Pagamento compatível com o tamanho da responsabilidade

melhor síndico como escolher

 

A responsabilidade é grande.

Uma vez eleito, ele ganha vários poderes. Tanto é que na maioria dos condomínios, quem se elege síndico fica isento da taxa condominial.

Há também situações nas quais ele recebe um salário pelos serviços prestados, mas isso só é possível se constar na Convenção Condominial. Saiba mais sobre quanto ganha um síndico morador.

 

Santo de casa faz milagre?

melhor síndico como escolher

 

Vale lembrar, também, que o tempo que o candidato mora no condomínio é um tema que pode gerar alguma polêmica.

Há quem afirme que quanto maior for este tempo, mais o condômino conhece os problemas do edifício e poderá fazer um melhor gestão.

 

Mas outras correntes dão conta de que nada como um “gás novo”. Ou seja, um morador recente do condomínio chega cheio de ideias e vontade de aplicar inovações.

Diante disso, vale o bom senso e a percepção de cada condômino que irá votar.

 

Se você gostou deste artigo, compartilhe nas redes sociais. E agora conheça também quais as regras de uso do elevador do condomínio!

Conteúdo similar