7 dicas de organização condominial para síndicos


É, vida de síndico não é fácil, todos sabemos. São muitas obrigações previsíveis e outras imprevistas que, muitas vezes, implicam na avaliação da gestão. Daí a importância de uma ótima organização condominial para que os imprevistos diminuam e o previsto seja cumprido com excelência.

 

Neste artigo, separamos algumas dicas de organização condominial para que o síndico possa facilitar tanto a sua vida, quanto a dos condôminos. Desta forma, todos saem ganhando com os resultados obtidos.

 

Alguns cuidados bem básicos devem ser observados, como as contas sempre em dia, os contatos com os condôminos constantes, a conservação predial atualizada, a boa relação com os empregados e ter uma ampla visão de tudo que envolve a gestão condominial. Vamos ver mais detalhes sobre isso?

 

7 dicas de organização condominial

1. Levantamentos periódicos

dicas de organização condominial para síndicos

 

Com a colaboração ativa do zelador, porteiro e dos faxineiros, elabore uma lista periódica (semanal, quinzenal ou mensal) das condições de todos os equipamentos e ambientes do condomínio.

Atenção dobrada para funcionamento e estado. Aponte possíveis defeitos para uma rápida tomada de decisão quanto às devidas manutenções.

 

2. Assembleias

dicas de organização condominial para síndicos

 

É nas assembleias que se decidem assuntos importantes, como eleição de síndicos, previsão orçamentária, aprovação de contas, contratos de trabalho, terceirizações, etc.

 

Daí o cuidado para que as convocações sejam amplamente divulgadas, com antecedência mínima de dez dias, certificando-se através de e-mails e de correspondências devidamente protocoladas. Você precisa garantir de que todos sejam notificados.

Leia:

 

E não esqueça que a Ordem do Dia seja devidamente especificada e seguida para melhor aproveitamento e resultado da reunião.

Veja estas dicas:

 

3. Previsão orçamentária

dicas de organização condominial para síndicos

 

De responsabilidade do síndico e do conselho fiscal, devidamente aprovada em assembleia, a previsão orçamentária é um dos pilares da boa gestão da administração do condomínio.

 

Por meio dela, você terá assegurada a boa saúde financeira para o próximo período, definindo corretamente não só a taxa de condomínio como também outros possíveis gastos, como por exemplo, despesas de pintura do prédio, demissões de empregados, reajustes de salários e tantas outras que não podem ser esquecidas durante o ano.

Veja:

 

4. Fundo de reserva

dicas de organização condominial para síndicos

 

A convenção do condomínio deve estipular um fundo de reserva destinado a evitar surpresas desagradáveis nas despesas condominiais.

 

Quantia pré-estipulada à parte da taxa de condomínio e aplicada em conta investimento, poderá ser usada quando algum imprevisto acontecer, evitando que os condôminos tenham despesas extras inesperadas.

Saiba mais:

 

5. Segurança

dicas de organização condominial para síndicos

 

Hoje em dia, um dos aspectos mais importantes de todos os condomínios é a segurança. Principalmente, quanto à portaria.

 

O treinamento dos funcionários é fundamental para que todos possam exercer perfeitamente:

  • O controle de entrada e saída de pessoas;
  • O monitoramento de todas as entregas de correspondências e objetos;
  • A observação contínua de todas as câmeras e dos outros dispositivos eletrônicos, como por exemplo, os portões das garagens;
  • A avaliação de entrada e saída de veículos na garagem.

 

Não perca estas dicas:

 

6. Lixo

dicas de organização condominial para síndicos

 

Assunto muito delicado, a coleta de lixo deve ser efetuada de forma seletiva, através de lixeiras separadas conforme o tipo de resíduos, assegurando assim uma gestão sustentável.

 

Nas áreas comuns, são necessárias lixeiras suficientes para o descarte do lixo. Recomendável também o contato com uma cooperativa de reciclagem para dar o destino final correto ao material coletado.

 

Leia:

 

7. Crianças

dicas de organização condominial para síndicos

 

Principalmente nos meses de férias, as crianças merecem atenção especial na vida do condomínio. Afinal, as áreas comuns funcionam como quintal de seus apartamentos, causando assim alguns problemas na rotina dos condôminos.

 

Não custa nada formar uma comissão de moradores para gerenciar e incentivar as crianças a se limitarem às quadras e outras áreas destinadas para esse fim, observando rigorosamente os horários pré-estabelecidos na convenção.

 

Confira:

 

Como em qualquer empresa, quanto maior for a organização melhores serão os resultados obtidos na gestão dos síndico.

 

Se você também é síndico ou mesmo condômino, continue acompanhando nossos artigos e fique informado sobre assuntos relevantes da vida condominial.